google-site-verification: google229f114e74a2ee01.html

 

Translate this Page

Rating: 4.6/5 (6612 votos)




ONLINE
4





Partilhe esta Página




CUIDAMOS DO QUE É NOSSO
CUIDAMOS DO QUE É NOSSO

Para nós, no Satanismo Real, não importa o caminho espiritual anterior de cada um para que seja aceito entre nós. Temos em nossa irmandade pessoas que seguiam outras religiões, outras crenças e até que não seguiam a nada. Assim como não exigimos a ninguém a permanência em nossa vertente, entendemos da mesma forma que todos têm o direito de optar por um caminho diferente a qualquer momento de sua vida. Você não consegue pisar no mesmo rio duas vezes e você mesmo não é hoje a mesma pessoa de ontem. O ser humano é mutável e isso pode ser uma coisa boa ou ruim, dependendo do teor da mudança, pois, evidentemente, se pode mudar para melhor ou para pior. O fundamental nesse processo, em se tratando de espiritualidade, é que a pessoa se sinta bem, se sinta realizada e, claro, obtenha resultados satisfatórios a seus anseios e necessidades. Hoje existe uma grande diversidade religiosa que atende a todos os gostos, até os que gostam de ser enganados e iludidos. É meramente uma questão de opção, a liberdade de escolha de cada um.

As ofertas espirituais existem e as várias formas de oferecimento também. Nós optamos por simplesmente expor o que acreditamos ser o melhor para nós, o que seguimos e praticamos em nossas vidas porque, exatamente como eu disse, é o que nos faz sentir realizados em todos os sentidos.

Falamos de nossa crença e não das outras, assim como falamos de nós e não dos outros. Da mesma forma que qualquer pessoa, também não acreditamos em muita coisa que outras pessoas acreditam, mas nem por isso nós as procuramos para dizer que estão erradas em acreditar e muito menos para lhes dizer que são ignorantes, cegas e muito menos para lhes ridicularizar ou menosprezar de qualquer forma.

Uma religião ou crença que não ensina a respeitar as pessoas, que não ensina que todos têm o direito de fazer as próprias escolhas e que o mais importante é o bem comum, não tem sentido em sua existência. Da mesma forma que os supostos mestres que não agem dessa forma nada acrescentam de bom para ninguém. Ao final o que conta são as atitudes, pois o que dizemos e não fazemos, são apenas o que dizemos, palavras e nada mais.

topo